Como Comprar placa mãe


Placa-mãe, também denominada mainboard ou motherboard, é uma placa de circuito impresso eletrônico/electrónico. É considerado o elemento mais importante de um computador, pois tem como função permitir que o processador se comunique com todos os periféricos instalados. Na placa-mãe encontramos não só o processador, mas também a memória RAM, os circuitos de apoio, as placas controladoras, os conectores do barramento PCI e os chipset, que são os principais circuitos integrados da placa-mãe e são responsáveis pelas comunicações entre o processador e os demais componentes.

Quais são os tipos de Placa Mãe?

Os dois principais tipos de Placa Mãe são:
On Board - são placas que já trazem acoplados os processadores de vídeo, som, modem e rede. Isso significa que mesmo que você queira, não terá como fazer melhorias no seu equipamento, já que a troca ou expansão das placas de som, imagem, modem e rede não pode ser realizada. Para computadores de escritório, por exemplo, que em geral não precisam rodar muita coisa além de alguns aplicativos de texto e planilhas de cálculo, as placas mãe on board podem ser um bom negócio, principalmente pleo seu baixo custo.
Off Board - são as placas que permitem a conexão de uma grande variedade de placas acessórias, capazes de incrementar a visualização de imagens, rodar jogos com maior eficiência, etc. Em geral, estas placas trazem, no máximo, a placa de rede já acoplada.

O que são slots de expansão?

Para que seja possível conectar placas que adicionam funções ao computador, é necessário fazer uso de slots de expansão. Esses conectores permitem a conexão de vários tipos de dispositivos. Placas de vídeo, placas de som, placas de redes, modems, etc, são conectados nesses encaixes.

Os tipos de slots mais conhecidos atualmente são:

PCI (Peripheral Component Interconnect)
AGP (Accelerated Graphics Port)
CNR (Communications Network Riser)
PCI Express (PCI-E)
ISA (Industry Standard Architecture) já fora de uso.

Qual a importância do BIOS na Placa Mãe?

O BIOS contém todo o software básico, necessário para inicializar a placa mãe, checar os dispositivos instalados e carregar o sistema operacional, o que pode ser feito a partir do HD, CD-ROM, pendrive, ou qualquer outra mídia disponível.

O processador é programado para sempre procurar e executar o BIOS sempre que o micro é ligado, processando-o da mesma forma que outro software qualquer.

Muitos fabricantes oferecem a atualização da BIOS para solucionar pequenos defeitos ou para permitir a instalação de novos processadores que foram lançados mais recentemente. No entanto, este procedimento só é recomendado para aqueles usuários que dominam um pouco melhor a rotina de instalação e montagem do computador. Caso contrário, procure ajuda de alguém mais experiente.


Postagens Relacionadas

Proxima
Anterior

0 comentários :